Caso volte ao Brasil e manter uma residência em Brasília, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) terá que pagar o próprio aluguel. O seu partido decidiu não manter mais a moradia para o ex-mandatario. Antes do ano novo, Bolsonaro viajou para Orlando e está hospedado na casa do ex-lutador José Aldo.

A ideia de manter um salário foi alterada depois que o partido recebeu a multa, aplicada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no valor de R$ 22 milhões de reais. A penalidade foi imposta devido a ação golpista que tinha por finalidade invalidar votos depositados nas urnas no segundo turno.

Bolsonaro deve pagar o próprio aluguel com o salário que o partido se comprometeu a pagar. O vencimento de R$ 46 milhões ainda não será depositado neste mês

Comentários no facebook